Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4
Acessibilidade 5 Alto contraste 6

PMSC apresenta Projeto Rede de Vizinhos na Câmara de Vereadores

Publicado em 01/10/2019 às 19:22 - Atualizado em 01/10/2019 às 19:22

A Câmara de Vereadores ficou lotada nesta segunda-feira (30) a população se reuniu na casa do Legislativo para acompanhar a apresentação do projeto Rede de Vizinhos, desenvolvido pela Policia Militar de Santa Catarina e que já funciona em várias cidades do estado.

O projeto foi apresentado pelo Sargento e Comandante da Policia Militar de Vargeão Natalino de Moraes e pela Soldado Jaqueline Suelen da Silva, de Xanxerê.

“É uma grande satisfação estar nesta Casa hoje, pois sou natural de Vargeão, passei por algumas cidades e há 17 anos trabalho aqui e será nesta cidade que encerrarei meus trabalhos”, comentou Natalino.

Segundo Suelen a PMSC tem um diferencial dos demais estados pois trabalha a parte preventiva, e é neste quesito entra a Rede de Vizinhos, projeto que há dois anos começou a ser implementado nos municípios do Estado.

A rede é pautada na polícia comunitária que consiste na comunidade atuando em conjunto com a PM, ação cada vez mais necessária, visto a constante baixa de efetivo policial.

Para funcionamento é necessário um gestor da comunidade (bairro) que fará o convite aos vizinhos e após levantamento a PM cria um grupo no WhatsApp onde um auxilia o outro nos cuidados de segurança do bairro.

Soldado Suelen esclarece que apesar do grupo, os chamados devem ser efetuados pelo 190, local que se realiza os registros oficiais. O grupo só é utilizado para alerta em caso de atividades suspeitas, ou envio de dicas de segurança por parte da PMSC.

Prefeito Volmir Felipe também participou da apresentação e pontuou que auxiliará na divulgação da ação no município e solicitou a comunidade que participe do projeto para uma segurança pública mais efetiva.

NOVIDADE

Durante apresentação os policiais noticiaram ainda duas novidades, uma delas é o projeto Piloto PMSC Cidadão.

O aplicativo foi lançado baseado na filosofia da PMSC de investir em tecnologia para a segurança pública e permitirá o cadastro das diversas redes de segurança, como de vizinhos, rural, bancária, comercio, escolar.

Ele possui ainda o botão do pânico, que pode ser acionado em caso de violência doméstica. O alerta será emitido diretamente à polícia que se deslocará ao endereço coletado pelo GPS do celular da vítima, tornando o deslocamento e atendimento mais rápido e efetivo.

Outro destaque é que desde setembro toda ação do policial desde o deslocamento até o termino da ocorrência é gravada em áudio e vídeo e isso, segundo Natalino serve para utilização em julgamento, trazendo mais segurança para ambas as partes durante as ocorrências.


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar